Eles gritaram “Bolsonaro”!

Read More

Nunca morei com meu pai. Exceto por uma briga que tivemos na minha infância e que fez com que não nos falássemos por um tempo, ele era uma presença curiosa aqui em casa: o cara que tomava cerveja com minha mãe, um amigo que perguntava da minha vida e que me dava dinheiro no natal …

0 38

Se Liza está para Judy como Blue Ivy está para Beyoncé, aquilo que se entende como “Cultura LGBT” ainda é uma ideia em disputa, tanto pelas infinitas identidades entendidas como “não-hétero” quanto pelo imaginário social do que é a nossa história. Autores, músicos, estilistas, revoltas, passeatas, crimes chocantes, uma epidemia aterrorizante, festas, boates, saunas, práticas, …

0 38

Gente que pede foto mas não tem foto para mostrar. Gente que “não curte” tanta coisa que até para dizer um “oi” você se pergunta se tem que fazer alguma prova. Uma infinidade de contatos telefônicos salvos como “cara do App dia tal”, “fulano do bairro X” ou de acordo com preferências sexuais e tamanho …

0 38

A pegação de internet que virou melhor amigo. O amigo de escola que reapareceu em um chat. A paixonite frustrada que me tirou do armário. A menina antipática que se transformaria no meu relacionamento mais importante, especialmente depois do fim. A aluna perfeita que me chamou para ser seu padrinho de casamento. As amigas de …

1 38

“Por que os brasileiros se ofendem quando pergunto se fizeram teste de HIV recentemente?”, foi a dúvida que Michael, um conhecido meu do Canadá, me apresentou pelo WhatsApp. De férias no Rio, ele rapidamente recorreu aos aplicativos de pegação para “conhecer pessoas” e se mostrou feliz com o interesse dos cariocas pelos gringos, mas ficou …

0 41

Só em 2016, 160 LGBT foram mortos no Brasil. No ano passado, foram 319. No anterior, 331. Isso do que foi noticiado, isso do que o GGB – Grupo Gay da Bahia conseguiu apurar. E choramos, nos revoltamos, fazemos campanhas, enquanto algumas pessoas perguntam quanto heterossexuais morreram no mesmo período, como se algum deles tivesse …

0 38

VERGONHA. A cada ameaça, das veladas como “piada” às assumidas em punhos cerrados, tentaram me cobrir de vergonha. Tentaram me convencer de que EU era uma vergonha. Para mim, para o mundo, para Deus, para minha família. Uma vergonha por estar à margem, por ser “anormal”. Vergonha simplesmente por não ser igual a “eles”, o …

0 39

A gente nasce e morre sozinho. Isso não impede a criação de laços entre as pessoas e nem o estabelecimento da rede de relações que chamamos de sociedade. É algo fundamental para a manutenção da vida como a conhecemos. Será por isso fazemos tanta questão de significar alguma coisa para “o mundo”, para “Deus” ou …

0 40

Você diz que faz sua parte mas não admite culpa por nada. Você acha que todos problemas do mundo são “globais”, que “é cada um por si”. V-O-C-Ê. Você se incomoda com essa palavra. Você acha injusto quando ela aparece para te lembrar da sua participação nas coisas. Você grita, esperneia, diz que não. Você …

0 39

Hoje choramos por Orlando. Em 28 de Junho de 1969, também nos Estados Unidos, o levante de Stonewall serviu como símbolo de um movimento político que estava nascendo. 4 anos depois, em Nova Orleans, 32 pessoas morreram carbonizadas no que até hoje tinha sido o maior massacre LGBTfóbico em terras estadunidenses. Até hoje. Em pleno …

0 39