Então é Natal – Simone de volta com seu “25 de Dezembro”


Não era hábito no Brasil um artista consagrado dedicar um álbum inteiro à canções natalinas. Entretanto, em 1995, a cantora Simone rompeu a tradição e gravou um inesperado disco que após 20 anos de lançado, continua a ser o mais vendido (e tocado) em época festiva, o “25 de dezembro”. Em qualquer lojinha de shopping center, banquinhas de jornal e até mesmo em prateleiras de megastore, está lá o CD, a preço módico, com a cantora com sua mão estendida na capa, como se dissesse: “Hey, ainda estou aqui e você vai me ouvir outra vez, quer queira ou não”.

nossa senhora do comeback

A história – Simone já estava com um disco na praça naquele mesmo ano de 1995, “Simone Bittencourt de Oliveira” com foco na MPB, só que em outra companhia, a Sony Music. Enquanto as vendas caminhavam para a marca de 500 mil unidades vendidas, impulsionada pela inclusão da faixa “Quem é você” (Isolda/Eduardo Dusek) na trilha sonora da novela global “A Próxima Vítima”, uma crise interna e de desentendimentos na gravadora a fez perder prioridade, dando início a um desgaste profissional e uma série de boicotes.

Com o destino incerto e ainda não liberada do casting, Simone recebeu uma proposta do produtor Marcos Maynard para seguir com um projeto fora do companhia (no caso, através da Polygram). Insatisfeita na Sony, Simone gravou um disco às escondidas na concorrente. Para evitar vazamento de informações e despistar palpiteiros, o produtor assinava nas fichas de controle do estúdio seu nome ao contrário, “Mis Eno”. Ela só comparecia para gravar a voz na surdina.

Foram 20 dias em 7 estúdios diferentes (dois só em Los Angeles), com participação das Meninas Cantoras de Petrópolis e da Timbalada em “Boas Festas” (Assis Valente). Duas canções do Roberto Carlos em parceria com o Erasmo foram resgatadas: “Pensamentos” (primeira faixa de trabalho do disco incluída na trilha sonora da novela “Explode Coração”) e “Jesus Cristo”. Outra grande surpresa: foi ela a primeira cantora do Brasil a obter autorização a gravar uma célebre canção de John Lennon com Yoko Ono, “Happy Xmas (War is over).

O disco obteve na época uma maciça divulgação, com contagem regressiva entre os intervalos dos principais programas de televisão. Ao chegar no dia 25 de Novembro (data oficial do lançamento), finalmente Simone apareceu na tela dizendo: “25 de Dezembro é um dia muito especial. É o dia de Natal, é o dia do meu aniversário e o nome do meu novo disco”.

20122013083705

“Natal Sem Simone” – Em 2013 foi publicado em um site de humor que lojistas seriam multados pelo Superior Tribunal de Justiça caso tocassem a música “Então é Natal”. Claro que a notícia era falsa. O problema é que muitos sites republicaram a nota sem averiguarem as fontes e uma onda de piadas e memes explodiu nas redes sociais – um deles com uma silvertape cobrindo a boca da cantora na capa do disco – , levando inclusive a revista Veja a fazer uma enquete em seu site perguntando se “Você é a favor de “Então é Natal” na ceia de 2013″? Simone posteriormente foi questionada sobre o assunto no programa “Altas Horas” e por desconhecer o viral (que indiretamente divulga a capa do disco em diferentes versões com a cantora Britney Spears com uma cara entediada ou com a Mariah Carey), lamentou o fato, dizendo achar um ato violento e ditatorial, por se viver num país democrático.

promo_25

“25 de Dezembro” ainda figura entre os títulos mais vendidos do país em época natalina, diferente do que acontece com artistas internacionais que após lançamento com curta tiragem em solo brasileiro ficam fora de catálogo. O álbum hoje passa dos 2 milhões e meio de cópias vendidas junto a edição em espanhol lançada em 1996 “25 de Diciembre” e uma outra, de 1998 com a faixa “Ave Maria”, também com a participação das Cantoras de Petrópolis. Com a chegada do fim do ano e suas festividades, a pergunta feita pela cantora no primeiro trecho da letra, volta em forma de reflexão bem humorada, mesmo que a trilha eleita para o evento seja aquela que motivou a escrita desta análise: Então é Natal. E o que você fez?

Untitled-3

Ainda em tempo… Parabéns para a cantora que completou 66 anos de idade.

Agradecimentos a Danilo Franklin (pela arte da imagem em destaque), ao Guilherme Panda (pela continuidade dos memes natalinos com as capas do disco) e ao Henrique Bassani (pelo auxílio na pesquisa).

Relembre os sucessos do passado na Nossa Senhora do Comeback, a coluna musical d’Os Entendidos.

 

Previous Vamos ser bicha pra sempre?
Next A Letra Escarlate

1 Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *